Amor verdadeiro

Hoje, em todo o mundo, se comemora o Dia Internacional do Amor – Valentine’s Day, parecido com o Dia dos Namorados que comemoramos dia 12/06 aqui no Brasil.
E achei incrível hoje também o Padre Marcelo Rossi estar comemorando 6 meses do lançamento do seu livro Ágape, vejam o email que ele mandou pelo cadastro do site:

Seis meses de puro Ágape

Queridos amigos, hoje é um dia muito especial para mim, dia 14 de fevereiro, hoje completa exatamente 6 meses do lançamento do nosso abençoado Ágape.
Em seis meses, este livro salvou vidas e transformou corações, reestruturou famílias e matrimônios que estavam totalmente destruídos e tomados pelo egoísmo, mágoa e rancores.
Este Amor incondicional de Jesus transformou relacionamentos e provocou um verdadeiro renascimento de pessoas que estavam perdidas em vícios, desavenças e intrigas.
Em apenas seis meses, este livro bateu todos os recordes de vendas registrados na literatura brasileira em todos os segmentos.
Por isso, venho hoje agradecer a todos que já experimentaram este AMOR SEM LIMITE DE JESUS e digo a você que ainda não leu esta obra, que não perca mais tempo, prove deste sentimento único e maravilhoso de Jesus Cristo.
Que todos estejam sempre envoltos na Paz do Nosso Senhor e muito ÁGAPE na vida de todos nós.
Forte Ágape!

Vocês sabem que eu ganhei esse livro no pré-lançamento e não imaginava que ele teria essa repercussão toda em tão pouco tempo. Eu escuto o Nosso Momento de Fé na Rádio Globo e sou testemunha de tantos depoimentos de pessoas que realmente mudaram de vida ao lê-lo.

Eu já conhecia bem de pertinho esse amor Ágape, mas mesmo assim senti que esse livro era abençoado e que o Padre Marcelo foi um instrumento de Deus para conseguir transmití-lo nas reflexões do evangelho e nas lindas orações.

Gostaria que no dia de hoje as pessoas aproveitassem o Dia Internacional do Amor para conhecer e transmitir esse amor verdadeiro e incondicional de Deus para todos que encontrarem… eu estou fazendo a minha parte!

Leiam este texto que encontrei no site da Comunidade Shalom:

O que é ágape?

“Filia” é amor amizade, “Eros” como termo para significar o amor « mundano » e “Ágape” como expressão do amor fundado sobre a fé e por ela plasmado.

É interessante como o Papa Bento se debruça e se dedica a fazer-nos compreender a beleza extraordinária do amor “Ágape”. “Quem quer dar amor, deve ele mesmo recebê-lo em dom. Certamente, o homem pode — como nos diz o Senhor — tornar-se uma fonte donde correm rios de água viva (cf. Jo 7, 37-38); mas, para se tornar semelhante fonte, deve ele mesmo beber incessantemente da fonte primeira e originária que é Jesus Cristo, de cujo coração trespassado brota o amor de Deus (cf. Jo 19, 34).”(n.7)

O Eros e o Ágape, quando são bem harmonizados, levam para Deus e se tornam fonte de autêntica doação. O Papa porém nos leva, como mestre sábio, pela mão a poder compreender a beleza do amor oblativo, desinteressado e generoso contemplando o amor de Deus Pai e o amor de Jesus no Espírito Santo por nós. Deus nos deu o melhor de si mesmo que é Jesus no mistério da encarnação. Jesus não veio entre nós na busca de um amor humano e de uma recompensa mas só e exclusivamente por amor. Assim Jesus no dá o melhor de si em toda a sua vida não porque nós somos bons mas porque ele é bondade infinita e amor sem limite. E no Espírito Santo nós recebemos a plenitude da graça e do amor.

Jesus se faz amor puro e por isso “Ágape”, especialmente na última ceia onde se esquece totalmente de si mesmo e tendo amado os seus os amou até o fim. O verbo mais usado no Novo Testamento é o verbo “agapao”, que manifesta este amor sem confim, total, sem reserva e sem…retorno. É a plena alegria de amar, de servir, de se doar. Não há nenhuma procura de satisfação ou de realização própria mas só de amor doado. O ser humano, quando se torna capaz de amar assim, ele mesmo se torna amor pleno e é fonte de amor.

Na Ágape, o verdadeiro amor a Deus e o verdadeiro amor ao próximo se fundem num só amor. Não há distinção. Quanto mais amamos a Deus, diz João da Cruz e mais amaremos o próximo; e quanto mais amamos o próximo mais amamos a Deus. Por isso que somente quem ama a Deus pode amar na plena liberdade a todos, sem medo e sem receio. Paulo apóstolo nos recorda que a nossa vocação é a liberdade e a liberdade se funda sobre o amor.

O amor Ágape de Jesus para conosco se faz Eucaristia onde nós temos o dom total dele mesmo. Jesus na Eucaristia não nos dá uma palavra de lembrança, nem um “presente que podemos guardar” para relembrar a pessoa que o deu, mas ele dá a si mesmo, totalmente a si mesmo. É o que ele tem de mais precioso, o seu corpo e o seu sangue, todo a si mesmo.

É interessante neste sentido ler o evangelho de João no capítulo 20, quando Jesus pergunta a Pedro: “tu me amas mais do que estes?” Jesus usa o verbo “agapao”, mas Pedro responde com o verbo “fileo”. Pedro ainda não está maduro, acocitado para amar Jesus até a morte, dando sua vida. Quer bem a Jesus, é seu amigo “filia”, mas não está disposto a dar-se totalmente. Todo amor Ágape se faz dom de si mesmo aos outros. Não faz maravilhas que o Papa ilustre este amor com a parábola da misericórdia (Lc 15) e com o bom samaritano. Mas este é outro discurso. Quem sabe que a segunda parte a deixaremos para outro momento.

O amor cresce através do amor. O amor é « divino », porque vem de Deus e nos une a Deus, e, através deste processo unificador, transforma-nos em um Nós, que supera as nossas divisões e nos faz ser um só, até que, no fim, Deus seja « tudo em todos » (1 Cor 15, 28).”

Fonte: Revista Shalom Maná / Frei Patrício Sciadini, ocd

Lançamento – Ágape

No próximo dia 14 de Agosto, a partir das 15:00 hs, por ocasião da 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, será lançada a mais nova obra de evangelização, preparada por Padre Marcelo Rossi.
Neste período em que precisou ficar de repouso, em virtude do acidente no qual fraturou o 5º metatarso, o padre escreveu esta obra.
Em seu novo livro, “Ágape” (Editora Globo, 2010), Padre Marcelo Rossi faz reflexões sobre o Evangelhode São João e convida o leitor a conhecer ideais de amizade, caridade e amor.
“Ágape” é uma palavra de origem grega que significa o amor divino. O amor de Deus pelos seus filhos. “E ainda o amor que as pessoas sentem umas pelas outras inspiradas nesse amor divino”, explica na introdução do volume.

Pré-Venda pela internet:
Se você desejar já é possível adquirir o livro pela internet em um dos links abaixo:

No submarino: Para adquirir o Livro, Clique Aqui
Livraria Saraiva Para adquirir o Livro, Clique Aqui

Ótima sugestão de presente para o dia do Padre e para o dia dos Pais…
Bom final de semana!

Falando a linguagem deles

Quem já pegou turma de adolescente sabe o quanto é dificil falar a linguagem deles e evangelizar de forma que não achem “um saco” não é mesmo?
Então aqui vai uma dica: eu tenho um amigo catequista que faz desenhos muito legais que servem para evangelizar qualquer idade, mas acho que principalmente podem ajudar essa galera antenada chamada adolescente a conhecer Jesus…
Ele criou um blog chamado Sementis Universus onde posta histórias em quadrinhos e me convidou a postar alguns temas de formação também.
Eu escolhi nos marcadores o tema de Larah e copiei aqui para vocês:

Ei, tá esperando o que? passa lá para conhecer os outros heróis!!!

Está chegando o grande dia!

Minha turminha vai fazer Primeira Eucaristia no dia 29/05 e estamos à todo vapor com os preparativos para o grande dia!
Ontem tivemos uma reunião após a missa e escolhemos os cânticos para já ensaiar com as crianças.
(Veja os cânticos escolhidos clicando aqui!)
Aproveitamos e já escolhemos a comentarista, os pais e as crianças que vão participar da liturgia e decidimos a nossa roupa também: saia preta e blusa branca com a estampa da Primeira Eucaristia.
A roupa das crianças será calça branca e blusa branca também com a estampa.
No sábado fizemos reunião com os pais e responsáveis.
Informamos o dia do retiro, da confissão e da missa de compromisso.
E aproveitamos para escolher os tamanhos das camisas das crianças.
Também falamos que no dia da Primeira Eucaristia, mais importante que fotos, festas, roupas, convidados, maquiagem, cabelo, etc…, será o Sacramento que eles irão receber, e pedimos que eles respeitem este momento tão especial na vida das crianças.
Como sempre, levei uma mensagem para ler na reunião e a escolhida foi essa:

Uma Flor Rara

Havia uma jovem muito rica, que tinha tudo: um marido maravilhoso, filhos perfeitos, um emprego que lhe pagava muitíssimo bem, uma família unida.
O estranho é que ela não conseguia conciliar tudo isso, o trabalho e os afazeres lhe ocupavam todo o tempo, e a sua vida estava deficitária em algumas áreas.
Se o trabalho lhe consumia muito tempo, ela tirava dos filhos, se surgiam problemas, ela deixava de lado o marido… E assim, as pessoas que ela amava eram sempre deixadas para depois.
Até que um dia, seu pai, um homem muito sábio, lhe deu um presente: uma flor muito cara e raríssima da qual havia apenas um exemplar em todo o mundo.
E disse a ela:
– Filha, esta flor vai te ajudar muito mais do que você imagina! Você terá apenas que
regá-la e podá-la de vez em quando, às vezes conversar um pouquinho com ela, e ela te dará em troca esse perfume maravilhoso e essas lindas flores.
A jovem ficou muito emocionada, afinal a flor era de uma beleza sem igual.
Mas o tempo foi passando, os problemas surgiam, o trabalho consumia todo o seu tempo, e a sua vida, que continuava confusa, não lhe permitia cuidar da flor.
Ela chegava em casa, olhava a flor e as flores ainda estavam lá, não mostravam sinal de fraqueza ou morte, apenas estavam lá, lindas, perfumadas.
Então ela passava direto. Até que um dia, sem mais nem menos, a flor morreu.
Ela chegou em casa e levou um susto!
Estava completamente morta, sua raiz estava ressecada, suas flores caídas e suas folhas amarelas.
A jovem chorou muito e contou a seu pai o que havia acontecido.
Seu pai então respondeu:
– Eu já imaginava que isso aconteceria, e eu não posso te dar outra flor, porque não existe outra igual a essa, ela era única, assim como seus filhos, seu marido e sua
família. Todos são bênçãos que o Senhor te deu, mas você tem que aprender a regá-los, podá-los e dar atenção a eles, pois assim como a flor, os sentimentos
também morrem. Você se acostumou a ver a flor sempre lá, sempre florida, sempre perfumada, e se esqueceu de cuidar dela.
Cuide das pessoas que você ama!

Aproveito o gancho da mensagem para indicar 3 blogs de pessoas muito queridas:

Andar com fé eu vou… nas suas pegadas! – do meu amado José
Sementis Universus – que eu tive a honra de ajudar a fazer junto com meu amigo Alexandre
Dialogando – do meu amigo Adilson Rosa

Tenham uma semana feliz e abençoada por Deus!