Dinâmicas – Sacramentos

Bingo
Dê para cada catequizando um cartão de bingo com 16 quadrados. Diga para escreverem um dos sete sacramentos em cada quadrado aleatoriamente até que todos os quadrados sejam preenchidos (repetindo alguns). Dê para cada um alguns botões ou grãos para marcarem os pontos durante o jogo. Vá falando os sete sacramentos aleatoriamente até que alguém marque quatro sacramentos em uma linha. Quando um jogador gritar “bingo!”, peça para levantar e escolher um dos sete sacramentos para dar uma breve explicação sobre ele. Continue o falando os sacramentos até que outros consigam marcar quatro na cartela e explique outro sacramento, até que todos os sete sejam explicados. Você poderá oferecer um prêmio aos sete vencedores.

Entrevista 
Coloque os nomes dos sete sacramentos escritos em papeizinhos com a quantidade de catequizandos da sua turma dentro de um saco para serem sorteados. (Por exemplo, eu tenho 28 crianças, então coloco o nome de cada sacramento repetido 4 vezes). Diga que devem encontrar um adulto que tenha completado esse sacramento e entrevistá-lo. Por exemplo, se uma criança receber o sacramento “ordem”, ela deverá falar com um padre. Diga às crianças que elas são responsáveis pela lista e quantidade de perguntas a serem feitas à pessoa. Elas deverão apresentar as respostas da entrevista à turma no próximo encontro. Também pode ser feito em grupo (7 grupos, um para cada sacramento).

Colagem 
Peça aos catequizandos para escolherem (ou sortearem, como na dinâmica anterior) um dos sete sacramentos e escreverem uma lista de adjetivos sobre o que pensam em relação a ele. Por exemplo, o batismo poderia invocar palavras como “renascimento”, “renovar” ou “água”. Ajude-os a trabalharem essas ideias conforme necessário. Dê a eles pilhas de revistas e diga para cortarem as imagens, que direta ou indiretamente estejam ligadas às listas de palavras. Deixe-as escreverem o nome do sacramento que escolheram em uma folha de papel ou no caderno e coloque as imagens encontradas em uma colagem sobre o sacramento.

Perguntas e Respostas

(podem ser usadas em competição de equipes ou em um painel de revisão):

1) Quais os sacramentos da Iniciação Cristã? Batismo, Crisma e Eucaristia
2) Símbolos do sacramento do Batismo? Água, vela acesa, veste branca, óleo
3) Símbolos do sacramento da Crisma? Óleo dos catecúmenos e imposição das mãos
4) Quais são os sacramentos da Cura? Unção e Penitência
5) Quais são os sacramentos do Serviço? Matrimônio e Ordem
6) Símbolos do sacramento do Matrimônio? Alianças e consentimento
7) Símbolos do sacramento da Eucaristia? Pão e vinho
8) Símbolos do sacramento da Unção dos enfermos? Óleo dos enfermos
9) O que é o sacramento da Penitência? Sacramento do perdão
10) Quantas vezes recebemos os sacramentos do Batismo, Ordem e Matrimônio? Uma vez
11) Quando somos batizados nos tornamos… filhos de Deus
12) Fórmula do Batismo… Eu te batizo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo
13) Somos batizados em nome de quem? Da Santíssima Trindade
14) Só será salvo aquele que crer e for… Batizado (Mc 16,16)
15) Sacramento que aumenta a graça batismal? Sacramento da Crisma
16) Alguns dons do Espírito Santo… Fortaleza, piedade, ciência
17) Como chamamos o dia da vinda do Espírito Santo? Pentecostes
18) Fórmula da Crisma… Recebe por este sinal o Espírito Santo dom de Deus
19) Nos alimenta e dá força para caminhar fazendo o bem evitando o pecado? Eucaristia
20) Quantas vezes devemos receber a Eucaristia? Muitas vezes
21) Como devemos estar para receber a Eucaristia? Sem pecado
22) Quantos são os sacramentos? 7
23) Pão e Vinho consagrados são… O Corpo e o Sangue de Jesus
24) Quem recebemos no sacramento da Eucaristia? O próprio Jesus
25) Celebração da paixão, morte e ressurreição de Jesus é a celebração da … Missa
26) Como precisamos estar para receber o perdão através do sacramento da penitência? Arrependidos
27) Primeiro passo para se receber o sacramento da penitência? Fazer o exame de consciência
28) Quem pode receber o sacramento da Unção dos enfermos? Os idosos e os que estiverem doentes
29) Quem celebra o sacramento do matrimônio? Os noivos
30) Quem celebra o sacramento da Crisma? O Bispo
31) Quando foi instituído o sacramento da Eucaristia e da Ordem? Na última Ceia
32) Três graus do sacramento da Ordem… Padre, Bispo e Papa

 

Vim a este mundo para ser feliz – Dinâmica

É muito gratificante quando a Comunidade se une para trabalhar em prol de um bem comum, independente da pastoral ou movimento a que pertence. Foi o que aconteceu conosco esta semana, em recente reunião com o Grupo de Escuta, foram discutidas as situações de morte que rondam nossas crianças e adolescentes (baleia azul, 13 razões…). Daí saiu a ideia de fazer algo com a Catequese no sentido de valorizar a vida.

Segue a sugestão de atividade que eles nos enviaram e que serão aplicadas nas turmas, adaptando a cada realidade e faixa etária:

Dinâmica: Vim a esse mundo para ser feliz!

Tempo estimado: 50 minutos

I – Divididos em 5 grupos:

Cada grupo terá um líder que fará as seguintes perguntas:

  1. a) O que eu mais gosto de fazer? Por quê?
  2. b) Quais são as minhas principais qualidades?

Depois de escrito, todos conversarão sobre as atividades, as qualidades, o que podemos melhorar.

Depois do momento debate, responder a mais duas perguntas?

  1. c) O que eu mais gosto de fazer com a minha família? Por quê?
  2. d) Quais são as principais qualidades que eu admiro nos meus amigos? Por quê?

Depois de escrito, todos conversarão sobre as famílias, sobre os amigos.

II – Cada papel contendo as respostas dos catequizandos será preso num cartaz com o título ‘Vim a esse mundo para ser feliz’. Assim todos poderão ler as opiniões de todos. Dar 1 minutinho para que eles possam mesmo olhar um os dos outros.

III- Um líder falará com todos ao mesmo tempo sobre a importância de valorizar a si mesmo, cuidar de si, ter amor próprio, fazer amigos…. De maneira breve e objetiva.

IV- Para encerrar, será feita a dinâmica: “Minutos de alegria”. Cada um receberá um papelzinho e deve escrever uma mensagem de incentivo sem assinar seu nome. Dar exemplos: Seja feliz! Acredite em você mesmo! Confie em Deus! Ame-se! Você é muito legal! Você é um grande amigo!….

Cada um que for terminando vai entregando a mensagem que será colocada numa caixinha. Ao fim, cada um vai “sortear” uma mensagem e levará com isso para casa como uma forma de se manter sempre animado e lembrar: ‘Vim a esse mundo para ser feliz’
Autoria: Grupo de Escuta – Paróquia Divino Salvador.
Bibliografia: 13 Reasons Why; página do Facebook Baleia Rosa.

Santíssima Trindade – dinâmica

3-estados-da-agua
Objetivo: Mostrar a Santíssima Trindade, sob a ótica da água.

Tempo Estimado: 30 minutos.

Introdução

Não existem palavras nem expressões capazes de ilustrar alguma coisa que transcendam o universo criado.

Portanto, utilizarei comparações e sinônimos do nosso mundo físico. Peço-lhe que seja benévolo com as minhas limitações de comunicação.

O conceito foi um mistério através dos séculos e é então enunciado com uma pergunta: Como é possível que haja um só Deus, mas ao mesmo tempo que sejam Três Pessoas Divinas e diferentes?

Vejamos: Um só Deus “está composto” de uma Substância Divina e única. Este Deus único manifesta-se em três Pessoas Divinas. Quer dizer: Uma substância em Três Pessoas: Três Manifestações.

DETALHE: Uma Substância Única

Utilizemos a comparação química: A molécula do composto chamado “Água”, está formada por três átomos: dois átomos de hidrogênio e um átomo de oxigênio. A fórmula química é: H2O. Quando dois átomos de hidrogênio se combinam quimicamente com um átomo de oxigênio para criar uma molécula, a substância que daí resulta, é sempre a mesma e única: Água [H2O]. Esta substância única tem um conjunto de propriedades físicas e químicas que não se encontram noutro composto.

Três Manifestações

A água [H2O] pode estar no estado gasoso, estado líquido ou estado sólido. Quer dizer, manifesta-se nos três estados de acordo com a pressão e a temperatura do meio ambiente em que se encontre. Isto tudo acontece sem deixar de ser a mesma e única substância: Água [H2O].

A Comparação

O estado normal da água é aquele que se manifesta quando se encontra em condições normais (temperatura ambiental e pressão atmosférica a nível do mar), então, a “Manifestação Normal” da água [H2O] é o “Estado Líquido”‘.

Consideremos então esta comparação: Deus Pai = “Manifestação Normal” = “Estado Líquido”; portanto “Manifestação Concreta” = “Estado Sólido” de Deus Pai, é Jesus Cristo; por isso, “Manifestação Espiritual” = “Estado Gasoso” de Deus Pai, é o Espírito Santo. Uma Substância, Três Manifestações Diferentes.

Sob determinadas condições de temperatura e pressão, a água [H2O] manifesta-se simultaneamente (em perfeito equilíbrio termodinâmico) em três estados: gasoso, líquido e sólido.

Tanto a água no “Estado Sólido”, como no “Estado Gasoso” provêm da água no “Estado Líquido”. Portanto a esse estado regressam.

Comentários

O Divino sempre se reflete no mundo físico. Portanto o conceito Trino manifesta-se nos três estados físicos: Sólido, Líquido e Gasoso.

O homem tem a semente das duas pessoas do Deus Trino. O homem foi criado à imagem de Deus mas só será completamente realizado quando regressar ao Pai.

A semente do Espírito Santo é desvendada no Batismo. Esta semente, se for cuidadosamente cultivada, frutificará nesse ser humano sob a forma de um espírito à imagem do Espírito Santo.

Quanto mais profundamente o homem viva a Palavra de Deus mais se assemelhará à “Palavra (O Verbo) Encarnada”, a imagem do Filho.

Mas para chegar a manifestar-se completamente no homem a “Imagem do Deus Trino”. o terceiro componente só pode conseguir ao regressar ao seio do Pai.

O homem foi feito à “Imagem de Deus”. Uma Imagem de um espelho ou projetada nunca pode ser tão perfeita como a “Original”. No entanto, quanto mais perfeito for o espelho ou a projeção, mais fiel será a “Imagem” ao “Original”.

Ele “…se é perfeito como o Pai é perfeito…” chama-nos a aperfeiçoar os nossos ‘espelhos’ o mais possível, para que a ‘Imagem’ refletida por nós seja a mais perfeita possível. Mantendo em mente que, uma ‘Imagem’ sempre ser uma ‘Imagem’, não importa o grau de perfeição, porque…”Quem é como Deus?”

Quando Nosso Senhor Jesus Cristo disse que vendo-o a Ele, era como ver o Pai, o que Ele lhes dizia era que: Ele não é uma ‘Imagem’, Ele é a mesma substância, portanto, não é diferente do Pai porque Ele próprio é Deus!.

Originalmente publicado a nível mundial em Inglês em Maio de 1994. Nazaré, Portugal.

Arquidiocese de Teresina Paróquia São Sebastião Catequese Paroquial

(Fonte)